A facilidade em adquirir produtos pela internet ou via aplicativos ganha cada vez mais espaço no mercado. O consumidor quer checar sobre o produto ou serviço e já comprá-lo na hora, sem complicações. É o que chamamos atendimento on demand, ou atendimento por solicitação, que já corresponde a um grande número de vendas em diversos segmentos, incluindo o mercado magistral.

O WhatsApp faz parte desse universo e é hoje, sem dúvida, uma grande ferramenta de vendas, sendo o aplicativo para celulares mais utilizado pelos brasileiros, com 68% de preferência, segundo a pesquisa MMA Mobile Report 2017. Mas é preciso tomar alguns cuidados com seu uso para que você e sua equipe possa vender mais e melhor, de forma profissional.

A falta de tempo, trânsito e excesso de atividades são alguns fatores que desencadeiam essa necessidade por não se deslocar fisicamente para uma compra, além da praticidade. Especialmente se a experiência de compra física não for algo tão extraordinário. Por exemplo, é mais prazeroso fazer um pedido online na farmácia e ir a um restaurante do que o contrário. 

O que antes demandava a ida a vários locais para fazer a pesquisa de preço, hoje pode ser adquirido com o envio de algumas mensagens por whatsapp e busca em sites ou aplicativos. Esse recurso moderno traz tranquilidade e agilidade, que é o que todo mundo quer.

Entre os benefícios da compra, a venda pelo whatsapp ainda conta com a personalização do atendimento. Enquanto nas grandes indústrias, o medicamento é padronizado, nas farmácias de manipulação sua fabricação é imediatamente relacionada à dosagem e concentração que o paciente precisa ingerir. Por mensagem, ele tem tempo e coragem de tirar todas aquelas dúvidas sobre o produto e seu uso.

Se fazer um atendimento individualizado, com Atenção Farmacêutica, é um dos desafios para o gestor da farmácia magistral, claro que atender bem, de forma online, pode ajudar os dois lados do balcão.

O atendimento on demand é, portanto, o resultado das novas tecnologias para o atendimento somado à alta expectativa do cliente. Isso significa que o consumidor quer ter acesso às informações na hora e de onde estiver. 

Assim também acontece com a compra dos produtos da sua farmácia. Ele envia o pedido de orçamento de dia ou na madrugada e você deve estar pronto para atendê-lo rápido e bem, senão a venda pode ir para outra farmácia concorrente. Você sabe disso, né?

Como vender pelo Whatsapp

Um atendimento assim acontece do sofá de casa ou cadeira do trabalho, com o uso simples do celular. Uma mensagem e o pedido já pode ser feito, o link enviado e pago. Em minutos, seu cliente pode até checar em quanto tempo a compra está prevista para chegar em sua casa. Essa facilidade, que esperamos que você já tenha, é um resumo realista e prático de como se tornou a experiência do consumidor. E não tem como voltar atrás, esse é o novo rumo dos negócios.

A capacidade de adaptar sites e os pedidos de orçamento para as telas do smartphone ganha cada vez mais adeptos, de todas as idades. Quem não conta com esse recurso, ou um canal que assuma isso de forma automatizada pra você, com certeza perde vendas. 

Muitas farmácias de manipulação dobraram ou triplicaram o número de procura por medicamentos no último ano através de um canal de atendimento Omnichannel. Porque, muitas vezes, sabemos que não basta ter um Whatsapp Business e um atendente automático “24 horas” acompanhando. 

Você precisa mesmo é de um sistema Omnichannel, ou seja, com atendimento multicanais. Que organize todos os pedidos que chegam de todas as plataformas, seja ela via Whatsapp, app, site, email. Com um canal assim é possível aumentar muito as suas vendas.

Então confira 5 Dicas de como vender pelo WhatsApp:]

 

1- Padronize a comunicação no app

Esse dica vale para o uso do Whatsapp ou qualquer outro aplicativo na sua farmácia magistral e tem a ver com planejamento e organização. É preciso saber abordar um cliente, afinal, realizar negócios não é o mesmo que bater papo pelo Whatsapp. Dá para conversar com clientes e fornecedores, fazer chamadas de áudio ou vídeo e fechar vendas, aproveitando todas as oportunidades. Só não dá para fazer isso de forma amadora, sem planejamento. 

Ao vender fazendo uso do WhatsApp, você terá potenciais clientes nos mais variados estágios, inclusive aqueles que nem conhecem a farmácia ainda. Outros foram indicados por amigos e há os consumidores fiéis. Cada um desses estágios corresponde a uma etapa do funil de vendas do seu negócio e merece uma abordagem específica e essa regra fica ainda melhor para ser trabalhada com o uso de automação por meio de um sistema omnichannel, que falaremos à frente.

2- Organize as mensagens

Existe um limite entre a divulgação do seu negócio e a invasão ao celular do seu potencial cliente. Então, jamais envie mensagem não autorizada. É legal saber se ele quer fazer parte do seu mailing para receber notícias e informações e isso vale para newsletters via email e qualquer outra ação. Lembre-se de jamais criar grupos. Essa atitude não é profissional e grupos não se aplicam à comunicação de uma empresa. 

Queremos dizer que não é o ideal encaminhar a mesma mensagem para todas as pessoas. É preciso respeitar as suas particularidades e o momento da relação com o seu negócio. É preciso organizar e cronometrar envios para atender com excelência todos os clientes que chegaram até você. Ter uma lista quente de contatos via email ou telefone é hoje um bem valioso.

3- Ofereça bons conteúdos 

Não restrinja as estratégias de comunicação do seu negócio à propaganda, mesmo pelo WhatsApp. Cada vez mais a oferta de conteúdos atrativos e voltados ao seu potencial consumidor (persona) substitui a abordagem ostensiva de vendas. O envio de dicas relacionadas a produtos, serviços e mercado que atua pode ser uma poderosa ação de marketing de conteúdo. 

Se você vende fórmulas ligadas à beleza, pode enviar um vídeo com dicas rápidas para limpeza da pele, sem oferecer diretamente o seu produto. Esse tipo de estratégia de marketing digital ajuda a fazer a sua lista de potenciais clientes crescer. Chamamos isso de recompensa digital. Ou seja, você oferece algo de valor ao seu contato e inicia um relacionamento com ele, podendo enviar uma Landing Page com um e-Book em troca do download com o celular do usuário. Se fizer direitinho, você vai ganhar muitos pontinhos e sua marca estará em alta na mente daquela pessoa.

4- Use um número profissional

Se você não utilizar um sistema multicanal inteligente, que já faça isso para você, lembre-se de jamais usar seu número pessoal para realizar vendas pelo WhatsApp. Isso vale para a conta do Instagram e Facebook também. Por mais que você tenha um número conhecido e que seja mais prático porque o Whatsapp pessoal já está no seu telefone, com vários contatos no aplicativo, ter um novo exclusivamente para o negócio é muito mais profissional. Só assim você consegue determinar regras de contato com a sua empresa. 

O número direto do WhatsApp deve ser divulgado em seu site e nas redes sociais. Há formas de programar o envio via app diretamente clicando no número que aparece na home do site ou blog. A forma prática de divulgar esse número é gerando um link que, ao ser clicado, remete o usuário para a página na qual adiciona o seu contato.

5- Utilize uma plataforma Omnichannel

Apesar das dicas anteriores, a verdade é que o uso do Whatsapp como plataforma de negócios, com controle manual, funciona somente para um atendimento pequeno. Se a sua farmácia tiver uma lista de contatos com 500 diferentes nomes e números, achar um nessa confusão, às vezes, é como procurar agulha no palheiro. Isso mesmo que você siga a recomendação de renomear e agrupar contatos. O fato é que, dependendo do tamanho e volume da farmácia, não é algo profissional. 

O uso da versão WhatsApp Web pode confundir ainda mais a comunicação, no caso de várias pessoas abrirem as mensagens pelo computador e mobile, simultaneamente, e elas ficarem sem resposta. 

Seja qual for a sua estratégia de organização, o mais importante é que possa criar um sistema que facilite o seu trabalho e não deixe o cliente sem resposta. Por isso, a melhor solução é o uso do omnichannel para organizar os orçamentos e mensagens dos clientes das farmácias. 

Esse recurso é mais que uma concentração de diversos canais de atendimento em um só sistema, mas também foca na experiência do consumidor em todos as frentes de comunicação de uma marca. Softwares, como o mobyPharma, mantém o recurso do Whatsapp ativo, possibilitando iniciar uma conversa via app usando o sistema de gestão da farmácia. Por exemplo, se um cliente solicitou um orçamento por telefone, é possível à sua equipe responder via Whatsapp com informações e link para pagamento. 

Entendeu as dicas?

Com elas você deve ter entendido o quanto estabelecer uma rotina de trabalho e parâmetros profissionais é importante mesmo para administrar um app tão informal quanto o Whatsapp, não é mesmo? Este é exatamente o ponto no qual muita gente falha dentro de uma estratégia de vendas pelo WhatsApp ou mesmo presencial: a falta de estratégia e planejamento. Por isso vale muito investir na automação e em um atendimento multicanal. Você precisa controlar todas as mensagens que chegam ou perderá vendas. Esperamos que tenha gostado do conteúdo! Sucesso nas vendas!
https://mobypharma.fagrontechnologies.com.br/

Deixe sua resposta