O mercado magistral sempre foi muito promissor e crescente no Brasil. As tecnologias de ponta, excelência no manuseio de matérias-primas, legislação e profissionais qualificados na área da Saúde estão entre os fatores que nos tornam referência mundial. Estima-se, segundo os órgãos do setor, que o número de farmácias de manipulação – ou magistral – seja em torno de 5.500 unidades, considerando as várias regiões do País. Trata-se de um negócio rentável, porque o desenvolvimento e procura por novas fórmulas é algo também crescente.

Todos querem fazer uso de medicamentos personalizados. O setor cresce anualmente  e recebe novas tecnologias, atualizando os serviços para a população, inclusive no âmbito de atendimento, oferecendo inovações e facilidades na hora da compra. 

Dessa forma, o mercado magistral aparece como uma nova aposta em 2020 e também para o novo século, se destacando como uma das alternativas naturais. 

Conheça as principais tendências do setor magistral para 2020 e já se organize para implantar o que ainda não tiver na gestão da sua farmácia:

 

1- Medicação e atendimento personalizado na saúde

Ter um atendimento de excelência, com histórico dos seus pacientes em termos de medicação e consumo é o mínimo que uma boa farmácia magistral pode oferecer. Mas, para isso, é preciso gerenciar bem as vendas e todo o processo interno, para que o atendimento seja eficiente e rápido, do pedido à entrega. Um sistema inteligente pode ajudar a oferecer tais benefícios, como a personalização eficiente de cada formulação, incluindo as novas tendências.

 

2- Prescrição Eletrônica: modernidade e segurança

O método analógico de prescrição de receitas está com os seus dias contados, porque gera dúvidas na compreensão dos medicamentos receitados pelos especialistas, incorrendo em erros. Com a prescrição eletrônica compartilhando dados padronizados, a vida de farmacêuticos, pacientes e até dos médicos fica mais fácil. Com a prescrição eletrônica, as receitas vinculadas a ele podem ser consultadas via CPF por um sistema. A mudança deve acontecer em breve, após regulamentação explícita sobre a prescrição eletrônica, aguardada no setor, para casar modernidade e segurança. A Portaria 344/98 já prevê a possibilidade de receitas de controle especial informatizadas, mas a entrega do papel ainda é necessária. 

 

3- Conectividade para o mercado magistral

As facilidades das vendas online e visibilidade da marca gerados pelos avanços da internet mudaram a forma das pessoas pesquisarem, escolherem e comprarem também medicamentos. Quando o assunto é venda on-line, os números crescem exponencialmente, a cada ano, segundo pesquisas. Isso gera mudanças no mercado magistral, que precisa se adaptar e proporcionar cada vez mais facilidades para o seu consumidor, como links de pagamentos, apps para venda dos produtos, multicanais de atendimento, entre outros.

 

4- Atendimento via telemedicina

Muitas mudanças vêm por aí. Atendimento por meio de vídeos, chats e ligações já faz parte de um novo modelo pensado para o setor, para que seja mais assertivo e dinâmico. Se for colocado em prática, as farmácias de manipulação poderão solicitar consultas médicas de forma remota ao seu paciente, ainda dentro da farmácia. Outra tendência para esse segmento é o auxílio médico à distância. Como se trata da área da saúde, se faz necessário ajustes de legislação. Com a vida cada vez mais corrida, os clientes ficam felizes com as possibilidades. 

 

5- Nova disposição dos produtos nas farmácias magistrais

Com alta competitividade, as farmácias magistrais buscam uma nova disposição de gôndolas internamente, pensando em oferecer uma melhor experiência aos seus consumidores. Cada produto deve ser separado por categoria, necessidade, preço e principalmente tendência, tudo dentro do que é permitido, dentro das formulações. Nem todas podem ficar expostas. 

 

Agora que você já se atualizou sobre o que vem por aí, aproveite e leia outro artigo para bombar nas vendas, clique aqui e saiba mais!

 

 

 

 

Deixe sua resposta